Feito para a televisão, este filme com o título original (The Ware), foi baseado em um incidente real ocorrido em uma escola americana em 1967 na Califórnia. Antes do filme, a história foi romanceado em livro. Esta é a primeira versão, pois existe outra versão em alemão. “A Onda” é uma metáfora que se aplica, mais ou menos, a qualquer movimento de massa que responde aos apelos de um líder carismático ou de uma causa ou teoria mítica irracional. Salientam que o filme focaliza quatro linhas que podem alicerçar um bom debate em sala de aula:
 
1) o nazi-fascismo como ideologia política totalitária de direita;
2) a psicologia de massas e a servidão voluntária dos indivíduos a um líder, grupo ou causa mítica;
3) a propaganda política e ideológica;
4) o recurso da ‘experiência pedagógica’, como meio de ir para além do mero  aprendizado de conceitos teóricos.